sábado, 15 de novembro de 2008

Amigos, amigos.


Sabe quando santo bate?

Sabe quando é instantâneo?

Sabe quando é questão de cabeça, respeito, opiniões, caras, bocas, cabelos, segredos... tudo igual e diferente ao mesmo tempo?


Quando a conversa flui entre olhares, sorrisinhos de canto e gargalhadas.

Quando um abraço para o tempo.

Quando um sorriso é maior que qualquer insegurança.

Quando um elogio é suficiente para te fazer se sentir protegida.

Quando um olhar te dá o apoio que precisas.

Quando os comentários "maldosos" são captados antes de pronunciados (e aqui novas gargalhadas).

Quando uma entonação transmite mais que qualquer livro de auto-ajuda.



Daquele que faz qualquer coisa por um sorriso.

Daquele que te conhece mais do que gostarias.

Daquele que fazendo qualquer coisa ou nada é divertido.

Daquele que fala de tudo quando não tem nada pra falar.

Daquele que silencia quando transborda em sentimentos e confusões.

Daquele que não sabe mentir pra ti.

Daquele que não quer mentir pra ti.

Daquele que não tem vergonha de te pedir nada.

Daquele que pode falar em códigos contigo.

Daquele que tem o poder de mudar a tua vida.

Daquele que te ama, te cuida, te protege.





É aí, meu querido, que tens um amigo.


Dedicado àqueles sem os quais eu nada seria. Amo vocês.

6 comentários:

Yam disse...

^^

Fofa. Também te amo.

=*

Thyago David. disse...

Ow.. linda declaração.

:D

Vinícius disse...

Essa Anayam se acha mesmo.

.

=*

MauMachado disse...

Contribuintes de felicidade!
Amigos sejam louvados!!!
^^

Iasminne Fortes disse...

Se eu fosse sua amiga me sentiria lisonjeada com tantas palavras bonitas. Adorei, Camis!

Luiz Gomes disse...

e os que aparecem do nada?

também são?

kkk;