quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Sinto.

Anda meio sumido um pedaço de mim.
Faz uma falta: falta do ombro, dos braços e abraços, dos beijos e sorrisos de canto de boca. Falta das brigas bestas, do som do carro, das bolas de sorvete, da sala de cinema.

Faz também a gente pensar:

O que seria de mim sem você?

6 comentários:

Cynthia Osório disse...

reviver o q sentimos é sinal de que fomos felizes!!

Yaas disse...

aah, meu deus, sério, acho que entre os posts que li hoje, esse foi o melhor.
esse pedaço que falta, deixa aquele vazio... /:
amei *0*
beeeijos :*

Yam disse...

^^


Lindo.

Laelia disse...

nao tinha visto esse layout ainda
minha gente, ficou tão lindo, tua cara! (não que eu tenha a visto numeras vezes né, mas ainda sim achei bem parecido com você :) )
parabéns pelo post, pra variar tá lindo
:*

Vinícius disse...

Por que não há 'eu' sem 'você', nem 'você' sem mim.


Mais aí vêm os finais de semana e o cinza some.

Fernanda disse...

que texto lindo,a falta as vezes parece que tem superficie cortante né,dó tanto...