quinta-feira, 25 de agosto de 2011

"Louca"

E no meio daquela conversa despretensiosa, ele a chamou de louca.
Para tudo.
O mundo prendeu a respiração por um segundo para esperar a reação dela.
Ele continuava sorrindo, sem perceber que tinha apertado um botão errado.
Muito errado.

Aquele "louca" acidentalmente largado no meio de uma frase, amaciado com um sorriso e absolutamente sincero, a afetou. Ela não esperava.
Ela franziu o cenho de leve, tomou fôlego, abriu a boca para dizer alguma coisa, mas as palavras ainda estavam tentando se arrumar na boca do estômago.
Fechou a boca, parou.
Sorriu amarelo.

E ele sequer percebeu que alguma coisa mudaria a partir daquele ponto.
Afinal, ela era mesmo louca.

9 comentários:

_Alex. disse...

Aumente o volume e cante bem alto!

http://www.youtube.com/watch?v=bd2B6SjMh_w

Camilla Mendes disse...

Mas Caetano disse um dia, com total propriedade: "De perto ninguém é normal."
E eu acredito nele.

Dani disse...

Olá!

Sou a Daniele, do Personare (www.personare.com.br) e entrei em contato com você há cerca de um ano, lembra? O livro criado a partir das histórias reais contadas no Fórum já foi lançado: http://www.personare.com.br/para-que-o-amor-aconteca/livro. Gostaria de mandar um exemplar para você, poderia me passar seu endereço pelo e-mail conteúdo@personare.com.br?

Babi Angelli disse...

somos mesmo muito loucos. e nada melhor do que a sinceridade para nos machucar. quer loucura maior que esta?

Yaas disse...

E que mulher não é meio louca, ou fica mesmo completamente pirada ao ser chamada de louca por um homem?

Osmar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Osmar disse...

Legal kkkk' Muito bom :D
http://papodosfodas.blogspot.com

Tekeros disse...

Qlxchange
Ha detto: Muy interessante

O Cercadinho disse...

Interessantes teus posts, escrevo para divulgar o : www.o-cercadinho.blogspot.com Caso queira acompanhar e dar umas risadas,
será um prazer ter nos visitando lá. O que é o Cercadinho? Segue apresentação para te situares. Em cada relacionamento afetivo, os envolvidos ficam restritos a um espaço, O Cercadinho, onde acontecem as interações. Em algumas fases, está cheio de "queridas", mas em outros, quase vazio. O Cercadinho é o resultado das conquistas amorosas, onde cada um preenche à sua maneira e gosto. Pode ter o critério de cotas e uma de cada: loira, morena, mulata, ruiva e/ou japa. Com faixas etárias e tipos variados. Até monogâmico com apenas uma mulher selecionada. Somos dois homens escrevendo relatos e histórias, sem pretensão literária sobre O Cercadinho. Seco, objetivo e um pouco bagual com sentimentos, assim é Iberê. Apaixonante, cafajeste e trash total, esse o Marcão. Entre no nosso Cercadinho e boa leitura.
Iberê